23 outubro 2013

Debate + Meu professor merece um tapa na cara

| |
OMFG! Atingimos 41 seguidores! Obrigado, obrigado! Rumo a meta de cinquenta hóspedes! E temos um novo afiliado, o Release your Imagination!

Heat haze days

Oiê! Tudo bom com vocês? Hoje eu estou realmente feliz porque amanhã é meu passeio ao Hopi Hari - Hora do Horror, estou tipo: altamente alegre e hiperativa. A gente vai causar naquele parque, vou levar a minha câmera e depois falo sobre tudo que aconteceu lá pra vocês. Ah, e meu novo óculos ficou pronto, sim, eu tenho que usar óculos. Perdi o meu primeiro e fiz outro que tem a armação estilo aviador :3
E logo eu vou fazer uma postagem fixa para falar sobre a Casa de Hades, vou deixar fixa pra quem quiser falar comigo sobre o livro, tipo a Bia :3

Bem pessoal, devem estar se perguntando o que vai acontecer nessa postagem, certo? Na verdade esse post é mais como um protesto incluindo um debate, lembrando que eu já fiz um protesto aqui no Contos da Neko #1 ah, e esse protesto vai ser por causa da mesma pessoa: meu professor de português, já é a segunda vez que eu faço um texto grande e elaborado e ele não aceita, da outra vez era uma história, dessa vez é uma crônica argumentativa que ele diz ser muito grande e que precisa resumir. Detalhe: eu já havia resumido, de quatro página ficaram duas. E pra não jogar meu trabalho fora eu decidi postar aqui TUDO que eu fiz, gastei minhas horas de sono fazendo, espero que entrem no debate e no próximo post eu colocarei as opiniões de TODOS que participarem. Cara, já é a SEGUNDA vez que ele faz isso, vou começar a desleixar nos trabalhos dele e quero ver ele vir reclamar, essas pessoas merecem ser torturadas por um camelo com serra elétrica '^'
Ah, e o tema é sobre casacos de pele feitos de animais.

Matado para Vestir: moda cruel

   Não é de hoje que o mundo da moda vem causando diversas polêmicas por ai. Desde roupas consideradas normais pela sociedade até maluquices que invetam e dizer ser novas tendências. Mas, até hoje, uma das modas mais criticadas são os famosos casacos de pele.
  A utilização de peles de animais, especialmente em vestimentas, é datado desde a existência dos primeiros seres no planeta que, ao caçarem animais para alimentação, perceberam que também podiam usar suas peles para se protegerem do frio. Mas oras, essa era a única possível e existente prática na época para a sobrevivência humana!

 "Com a chamada evolução da sociedade e com o desenvolvimento industrial, a caça de animais para utilização de suas peles continuou, porém com um fatal agravante - passa a ser realizada cada vez mais em larga escala e com métodos absurdamente cruéis, sendo praticadas especialmente para a satisfação de um mercado de vaidades burguesas e como marca de status social", diz Renata de Freitas, advogada ambientalista.

  O que leva alguém a acreditar que vale a pena matar em torno de 30 coelhos para fazer uma estola de R$20 mil? Para Danielle Simões, ativista do Move Institute, que defende o direito dos animais, isso é um absurdo. "A extração da pele é uma prática altamente cruel. Milhares de animais ficam confinados em pequenos espaços para que suas peles sejam arrancadas enquanto estiverem vivos. Em decorrência do estresse, grande parte deles comete canibalismo", diz Danielle.
   De acordo com a ONG e PeTA, não são apenas animais silvestres que têm suas peles arrancadas, isso mesmo, cães e gatos também são usados para confecção de roupas. Após investigação sigilosa na China, que perdurou 18 meses, no ano de 1998 trouxe-nos informações da utilização da pele de cães e gatos, estimando-se que mais de 2 milhões são mortos anualmente para este fim. De se ressaltar ainda que, em uma das investigações efetuadas, flagrou-se uma enorme quantidade de pele de cães e gatos sendo tingidas de preto ou marrom, tornando-se fáceis de confundir com peles de raposa, por exemplo, apenas sendo possível a comprovação contrária por meio de caros testes de DNA.

  Confira o polêmico passo-a-passo da confecção de um casacão de madame - por Yuri Vasconcellos, Mundo Estranho.

1. Os animais usados para fazer casacos de pele podem ser criados em cativeiro (como chinchilas, coelhos e martas) ou ser caçados em seu habitat (como focas, ursos e lontras). O abate rola quando o bicho atinge a maturidade e ocorre sempre no inverno, quando o pelo é mais longo, brilhante e abundante.

2. Há vários modos de abater o bicho. Eles podem ser mortos a pauladas, ser estrangulados - método indolor, segundo produtores - ou, entre outras técnicas para resguardar a pele, ser eletrocutado com a introdução no ânus de ferramentas que fritam os órgãos internos.

3. Depois que o animal é morto, é hora de extrair sua pele. Há várias formar de escalpelá-lo, algumas mais profissionais e outras rudimentares e violentas.

PROFISSIONAL

1. Nas fazendas de criação de chinchilas, faz-se um pequeno corte no lábio inferior do animal e outro próximo do órgão genital.

2. Em seguida, é introduzido uma vareta de ferro de um ponto a outro. Ela funciona como um suporte-guia para o corte.

3. Com um bisturi, se desprega a pele do animal. Quanto mais intacto o couro, maior o seu valor de mercado.

AMADOR

1. Nos modos mais cruéis, como rola em alguns locais da China, o animal é morto a pauladas e suas patas são decepadas.

2. O bicho então é dependurado pelo coto da pata, e seu couro é extraído a partir desse ponto com a ajuda de uma faca.

3. A pele é puxada com força, como se fosse tirada ao avesso. Em muitos casos, o animal ainda está vivo durante esse processo.

4. Uma vez retirada, a pele é presa com alfinetes ou pregos numa tábua, onde ficará por alguns dias no processo de secagem. Nessa etapa, ela ganha forma definitiva e não vai mais encolher nem sofrer deformações.

5. O passo seguinte é o curtimento da pele. Num curtume, ela passa por banhos químicos para retirada de sujeiras, cheiro e gordura, evitando que apodreça mais tarde. Ela também pode ser tingida.

6. Após o curtimento, as peles vão para as confecções, onde são costuradas umas nas outras até tomarem a forma de um casaco. No acabamento, é aplicado um forro, em geral de cetim, na parte interna.

  Então agora imagine, caro leitos, lá está você em seu habitat quando alguém o pega e te põe em uma jaula minúscula sem comida ou água, dividindo o lugar sujo com seres da mesma espécie. Trancafiado por semanas apenas esperando.
  Até que alguém aparece e te tira dali, você está livre? Não, você tem suas patas cortadas e, enquanto sua pele é arrancada, você tem total consciência da dor que está sentindo e não tem nenhuma chance e muito menos forças para lutar. É legal ter seus órgãos fritados? É bom saber que depois de tudo sua pele vai ser usada para alimentar a vaidade alheia de celebridades fúteis e vazias?
  Os animais devem ter chances, não são apenas "bichos" ou meros objetos. São vidas, têm almas, sentimentos, pensam e sentem como nós, humanos que apesar de estarmos no topo da cadeia alimentar e sermos os maiores predadores, somos tão irracionais quanto nossos antepassados.
  Num futuro não tão distante, as pessoas podem suprir a própria ignorância e se tornarem irracionais a ponto de usar a pele da própria espécie para fazer "moda".

Quantos animais precisam ser mortos para se fazer um casaco de comprimento médio?

-125 arminhos.
-100 chinchilas.
-70 martas-zibelinas.
-50 martas-canadianas.
-30 ratos-almiscarados.
-30 coelhos.
-27 guaxinins.
-17 texugos.
-16 coiotes.
-14 lontras.
-11 linces.
-09 castores.

Então pessoal? O que acharam? Qual a opinião de vocês sobre esse assunto, são a favor? Contra? Espero seus comentários e me desculpem por estar postando tão tarde, mas eu realmente tinha que fazer essa postagem já que amanhã não vai dar, né?

Beeeeijos, Neko!

Fontes: Rancho dos GnomosMundo EstranhoANDA.

8 comentários:

  1. Neko fez amizade com a Clone [Biia], que mágeco!! ♥
    Acho que só vou ao Hopi muito provavelmente ano que vem, e sobre a postagem do livro, mesmo que eu não tenha o lido ainda vou amar lê-la Nekozinha~! xDD'

    Vamos juntar uns camelos co serras elétricas nas patinhas e fazer com que todos pulem em cima di seu professor, hu3. A opinião não se resume, se compacta e mesmo assim ainda ficaria muito a ser dito, seu professor deveria era ficar feliz por ter escrito tanto isso sim! Aqui no meu colégio o povo ainda implora pelo limite de 15 linhas cara, ISSO É RIDÍCULO, EU NO MÁXIMO SOU CAPAZ DE FAZER 20 OU 30 LINHAS!! Admito que o nível das pessoas desceu bastante, então ele pelo menos deveria ficar feliz e não reclamar, o pessoa difícil de agradar! HU3. ¬ 3 ¬ )''

    Vou ser sincera Neko, eu gosto de moda e admito que ultimamente ela tem desandado a um nível onde as roupas não são mais para todos e sim para aqueles que tem como pagar, não é questão de escolha, é questão de poder ter e eu acho isso no mínimo ridículo. Isso dos animais é outra trouxice, só os países frios são capazes de "arcar" com a demanda e outra existem materiais sintéticos ou até mesmo algodão que podem muito bem serem úteis e muito bonitos, o que as pessoas tem na cabeça é que "o que é raro é bonito", então levar uma espécie a sua extinção é legal desde que você tenha uma roupa dele para exibir por aí. Eu, sinceramente sou contra! u-u)''

    Pronto, acabei~ :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, é quase um ciclo HU3
      Tomara que vá sim e se divirta, yeeeey, já esto preparando a postagem >uu<

      Vamos sim! Pois é! Que diabos de professor de português é esse que não aceita um texto GRANDE e feito de bom grado e vontade?? Cara eu faço ainda mais! É bem fácil pra mim ter ideias que façam nexo com outras, sendo assim bem fácil de escrever um texto grande. E como desceu, as pessoas não aceitam mais as coisas feitas com capricho, é difícil mesmo ¬¬'

      Eu NUNCA fui e NUNCA vou ser uma seguidora de moda, o meu estilo é uma calça jeans e camiseta, as vezes eu fico feliz com a vida de coloco saia HU3. Simsim, o pelo sintético já faz seu trabalho direitinho imitando as peles verdadeiras, pois é, depois os animais são extintos e ficam se lamentado pelos cantos.

      Yeey, obrigada Snooowzinha >uu<

      Excluir
  2. Sinceramente nunca gostei dessa moda, para além de eu achar que fica um pouco estranha (a meus olhos) sempre pensei nos pobrezinhos dos animais que sofrem para que mulheres possam vir a ter um grande casaco, isso me deixa muito triste. No entanto, hoje em dia existe um pêlo sintético para dar o mesmo efeito sem matar tantos animais.

    bem, é o meu primeiro comment aqui e eu já estou apaixonada pelo blog, super cute!! e bem interessante >u< espero que não se importe que eu volte!! <3

    Kissu ~♥ || Pankax&Pankadax

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Duas que não gostam, me enoja essas mulheres que ACHAM que ficam lindas com bicho morto no corpo. O pelo sintético faz direitinho o que deve fazer, mas as pessoas são ignorantes a ponto de não entender isso.

      Own, obrigaada Rafa-chan >uu<
      O quê? Claro que não!

      Beeeeeijos!

      Excluir
  3. Absolutamente odeio pessoas que usam casacos de pele, ainda mais hoje que temos tecnologia de ponta pra fazer réplicas perfeitas dos pelos deles. É perturbador, é andar por aí vestindo um cadáver. Achei muito bom ter trazido esse tema, porque pouca gente sabe como é cruel o mercadinho tosco das peles de animais - e quanto mais gente sabe sobre o assunto, mais gente pra lutar contra esse absurdo, que acontece em nome da moda, do luxo e do ego de uns seres desumanos que existem por aí.

    Quando ao seu professor, te dou uma dias:
    1º - verifique se ele está de marcação com você ou se está fazendo o trabalho dele. Hoje em dia, a educação é mais um treinamento para o vestibular do que qualquer outra coisa, e lembre-se que na fuvest/unicamp você terá cerca de 15 a 30 linhas pra fazer um texto. Por experiência, é humanamente impossível elaborar uma argumentação decente, com introdução e conclusão, em três parágrafos. Seu professor pode estar sendo chato por esse motivo. D:
    2º - Fique sempre atenta às instruções passadas para a tarefa. Se não tem um número específico de páginas ou linhas, ele não pode exigir isso de você.
    3º - Procure evitar discussões com ele sobre o método de ensino que ele usa. Ele NÃO É um senhor todo poderoso na sala de aula, mas, ainda assim, pode te "marcar" (por mais anti-ético que isso seja) e te prejudicar mais tarde. Professores vêm e vão, não vale a pena ter uma nota baixa no boletim por causa de um professor ortodoxo em excesso.

    Se você tiver muita dificuldade em fazer textos curtos e tiver intenção de prestar vestibulares em faculdades federais ou estaduais, você tem um pequeno problema. :0 Uma boa dica é entrar em sites como o uol vestibular e dar uma lida em algumas redações por lá, ou mesmo procurar dicas pra vestibulandos mesmo, pois vários sites ensinam a pensar em um tema e escrever um texto rápido e objetivo sob pressão, hahaha! xD Falo por experiência!

    Aproveito a passadinha pra avisar que tem um desafio do Andar InuYasha no ar, lá no Senbonzakura! :D Talvez você queira participar... estamos com vários prêmios! <3

    Um beijo, e espero que tenha ajudado! o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu já disse, o pelo sintético FAZ direitinho seu trabalho como réplica, mas as pessoas amam alimentar o ego da moda ¬¬'
      Simsim, eu sempre gostei de comentar sobre esse assunto e mover cada vez mais pessoas para defender :)

      Obrigada pelas dicas >.<
      Não, tipo, o professor gosta de mim a gente sempre brinca e tudo mais e se ele ficasse de marcação eu perceberia na hora. Simsim, eu sei o que meu futuro espera mas ainda tenho um tempinho pra treinar e tentar diminuir meus textos, mesmo que a maioria das vezes isso falhe lindamente TuT
      Claro e tenho que ressaltar isso: ele não impôs nenhum limite, mas no final eu consegui resumir o suficiente pra ele aceitar e dizer que estava ótimo ^u^
      Eu nunca discuto, pra mim é perda de tempo. É mais fácil e seguro guardar tudo que tenho a falar e descontar em um pobre blog pessoal HU3. Simsim, eu tomo muito cuidado com isso porque não estou afim de ficar de mal de um professor ainda mais em uma escola que já passei boa parte da minha vida (8 anos).

      Como eu disse: ainda tenho um bom tempinho pra treinar pra isso mais tarde, ainda mais que vou tentar entrar em uma faculdade federal, mas sim, eu vou olhar em alguns sites pra pegar dicas e tentar treinar sozinha, resumindo o máximo possível :)

      Simsim, já estou participando o3o
      Beeeeeeijos e realmente me ajudou vou tentar ser um pouquinho mais objetiva e rápida \o

      Excluir
  4. Heey ;3
    Passando rapidinho pra avisar que tenho uma Tag pra você no meu blog!
    http://otomenihon.blogspot.com.br/2013/11/tag-vida-com-gifs.html

    Até o/

    ResponderExcluir

Oi! Quer comentar? O.K., mas leia aqui antes por favor :3
- "Seguindo, segue de volta?" aceito comentários assim, mas apenas se comentar sobre a postagem antes.
- Deixe o link do seu blog aqui para retribuir.
- Eu sempre respondo TODOS os comentários.
- Aceito selinhos e tags.
- Peça afiliação por aqui ou pela ASK.
- Podem falar palavrões no comentário, até porque eu vivo falando nas postagens então eu não tenho moral para restringi-los disso.
- Aceito críticas positivas e não mal educadas estilo funkeiros.

Bem, eu acho que é isso!
Obrigado por visitar~